NOTICIAS ATUAIS E FATOS QUE FIZERAM A HISTÓRIA DO SANTOS FC

<><><><> BEM - VINDO A ESTE BLOG <><><><>


Atenção: Este Blog não tem fins lucrativos e é usado apenas como hobby


sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Histórias e estórias (22): Pequena Taça do Mundo de 1970 - Caracas



Este é o troféu ganho pelo
Vitória de Setúbal em 1970
Caros amigos, em maio de 1970, o Santos parte para mais uma excursão. Enquanto as principais estrelas (Carlos Alberto, Joel Camargo, Clodoaldo, Pelé e Edu), estavam servindo à Seleção, nos preparativos para a Copa do Mundo daquele ano, o time misto teve a incumbência de defender as cores Alvinegras, nessa viagem de aproximadamente 50 dias.

Destino: Venezuela, América Central e EUA. Mesmo com um time quase todo de reservas, a cota de apresentação era maior que qualquer outro time brasileiro.

O inicio dessa excursão deu-se na Venezuela, em disputa a "Pequena Taça do Mundo". Essa disputa também conhecido como Mundialito de Clubes, foi um torneio intercontinental de futebol profissional realizado naquele país, de 1952 até 1975.

Os participantes em 1970 foram o Santos FC, o Chelsea FC (Inglaterra), o Werder Bremen (Alemanha) e o Vitória FC de Setúbal (Portugal). Todos os jogos foram realizados no Estádio Universitário de Caracas.

Para muitos, a Pequena Taça do Mundo, disputada na Venezuela, foi considerada uma espécie de precursora dos mundias de Clubes.

No dia que o Santos enfrentou o Vitória (07/05/1970), havia uma manifestação dos estudantes contra a participação dos soldados norte-americanos no Camboja (a guerra do Vietnan). E como era comum nos anos 60/70, o exército apareceu e o pau quebrou…

Esta foto  é de uma dessas
manifestações (fonte: revista veja)
 que acontecia Mundo afora.
 
Correria, pedras, tiros, bombas de efeito moral… enfim, a confusão típica de uma manifestação nos anos 70. Tempos de contestações e radicalismos…

Quando os ônibus das duas delegações chegaram ao estádio, a confusão era enorme… sendo recebidos com uma chuva de pedras….

Ramos Delgado, Douglas e o General Osman (chefe da delegação do Santos), sofreram ferimentos leves.






Talvez como resultado da confusão na chegada, e também levando em conta o time muito desfalcado, o Peixe não atuou bem e perdeu para os portugueses por 3×1.

Como o sistema de disputa foi em pontos corridos, o Vitória, que venceu todos os seus adversários, arrebatou o torneio e a taça encontra-se em exposição na Sala de Troféus do Estádio do Bonfim, em Setúbal.



Esta postagem é dedicada a Pedro Contreiras, natural de Setúbal e torcedor do Vitória FC. Atualmente, Pedro está residindo no Brasil, mais precisamente em São Paulo - SP

(Agradecimento especial a Gabriel Santana, que ajudou com importantes detalhes sobre este assunto.) 

5 comentários:

Gabriel Santana disse...

Esse torneio não teve final .. foi por pontos corridos, o Vitória de Setúbal venceu os seus três jogos e por isso foi o campeão. E o Santos após enfrentar o vitória, ganhou do Chelsea de 4x1.

Abraços

Célio Pegoraro disse...

-Olá Gabriel, obrigado pelas correções e por acessar este blog. Confio em suas informações e já fiz as devidas alterações, como você poderá observar. Inclusive mencionei seu nome no rodapé do post. Continue colaborando... Abração, Célio

Gabriel Santana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gabriel Santana disse...

Obrigado pela confiança amigo santista, se precisar de alguma coisa .. é so falar! Abraços

Célio Pegoraro disse...

Eu é que te agradeço. Conto com você sempre... Saudações Alvinegras! Abração