NOTICIAS ATUAIS E FATOS QUE FIZERAM A HISTÓRIA DO SANTOS FC

<><><><> BEM - VINDO A ESTE BLOG <><><><>


Atenção: Este Blog não tem fins lucrativos e é usado apenas como hobby


quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

No sufoco, Santos vence o Guarani: 2 x 0


Caros amigos, dizem que para ser campeão, o time além de jogar bem, tem que levar uma certa dose de sorte.
Foi o que aconteceu esta noite em Campinas. O Santos só jogou bem nos primeiros quinze minutos iniciais, quando dava a impressão que os desfalques do time não estavam fazendo falta. Passado este momento, o Guarani dominou completamente a partida, enquanto o Santos só tocava a bola, torcendo para o tempo passar rapidamente.

Méritos para o Santos que venceu um time que até esta data, havia ganho todos os jogos que disputou em seu estádio. Méritos também, pelo fato de ter vencido o até então vice líder do Paulistão.

Os gols da partida foram  marcados por Ibson e Arouca, respectivamente, aos 8 do primeiro e 44 do segundo tempo. Foi a sexta vitória consecutiva no campeonato.
Com essa vitória, o Santos ultrapassou o Guarani na tabela de classificação, alcançou os 24 pontos e provavelmente terminará a rodada em terceiro lugar. O Bugre, com 22 pontos ganhos, também foi ultrapassado pelo Mogi Mirim e é o quarto colocado.

Na próxima rodada, o Santos joga pela primeira vez na Vila Belmiro, recebendo o Corinthians, domingo, às 16 horas. Já os campineiros visitam o Bragantino, um dia antes, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.



Arbitro Evandro Rogério Roman é o arbitro para Santos e Internacional


Caros amigos, a Conmebol designou o referido arbitro para a partida entre Santos e Internacional no dia 07/03 pela Copa Libertadores da América. Confesso que não gostei. Admiro muito o Evandro, moramos na mesma cidade (Cascavel - Pr), porém, correm fortes boatos por aqui de que ele é torcedor do Colorado.

O Santos FC, um time de grandeza mundial  não poderia deixar passar despercebido este detalhe e ter exigido um arbitro estrangeiro para esta partida.
Não que ele já tenha prejudicado o alvinegro (se o fez, não lembro no momento), mas porque se houver possíveis erros durante o jogo, a pressão e desconfiança em cima dele será bem maior.

Mas agora que já está decidido que será ele o arbitro, só nos resta torcer para que apite corretamente sem torcer para este ou aquele time. Qualidades para isso ele tem.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Paulista de 2006 e a taça que veio do céu


Foram longos 22 anos de espera, mas, enfim, a torcida alvinegra pode soltar o grito de ‘é campeão’ paulista, que estava entalado na garganta e abrindo caminho para uma hegemonia no Estadual: voltou a ganhar em 2007, além do bicampeonato em 2010/2011.

O palco não poderia ser outro: a Vila Belmiro. No dia 9 de abril de 2006, o Peixe venceu a Portuguesa por 2 a 0, com gol de Cléber Santana e um gol contra do zagueiro da Lusa. O sistema do campeonato era de pontos corridos e como o São Paulo chegou à última rodada com chances de ser campeão, a taça ficou em São Paulo, na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Com a vitória do Peixe, o troféu chegou à Vila Belmiro de helicóptero, que pousou em pleno gramado. A torcida esperaria o tempo que fosse até que aquela aeronave pousasse no gramado da Vila. Desde 1965 que o Santos não levantava um troféu em seu estádio.

Aquele campeonato marcava o retorno e a despedida de peças importantes na história do Santos. O meia Giovanni fez sua última partida com a camisa alvinegra, na partida de estreia do Paulistão, contra o São Bento, em Sorocaba. Já o goleiro Fábio Costa, que integrou a equipe campeã brasileira de 2002, retornava ao Peixe após temporada no Corinthians. Outro que voltava à Vila Belmiro era o técnico Vanderlei Luxemburgo, recém-saído do Real Madrid.



Na penúltima rodada, o Peixe havia perdido justamente para o São Paulo, deixando os dois times aptos a serem campeões paulistas na última rodada. Caso o São Paulo ganhasse (o que aconteceu), só restava ao Peixe também vencer sua partida.

Mas havia um trunfo para esta conquista: o Peixe jogava em casa. No Estadual de 2006, o Santos mandou 10 partidas em casa e venceu todas. O time também foi o único naquele torneio a marcar gols em todas as partidas.

O Santos foi campeão sem jogadores renomados em seu elenco, tanto que os torcedores reclamaram na época quando o técnico Luxemburgo começou a trazer ‘desconhecidos’ para a Vila. Além de Fábio Costa e Cléber Santana, o Santos contava com os goleiros Roger, Felipe e Rodrigo; os laterais Neto, Dênis, Kléber e Carlinhos; os zagueiros Luis Alberto, Julio Manzur, Ronaldo Guiaro, Domingos, Ávalos e Jardel; os volantes Maldonado, Wendel, Fabinho e Heleno; os meias Rodrigo Tabata, Léo Lima, André Belezinha, Luciano Henrique e Magnum; e os atacantes Reinaldo, Geílson, Jonas, Galvão e Fabiano.
(Fonte texto: Jornal A Tribuna Santos)







Segundo jogo em casa pela Libertadores, será no Pacaembu


O Santos definiu o seu primeiro jogo com mando no Pacaembu no ano: será na segunda partida em casa do time pela Libertadores, contra o Juan Aurich, do Peru, no dia 22 de março. Até lá, o Alvinegro já terá entrado em campo mais duas vezes pelo torneio sul-americano, contra o Internacional (dia 8 de março, na Vila Belmiro), e contra o próprio time peruano, mas fora de casa, no dia 13 de março.

- O primeiro jogo da Libertadores será na Vila e o segundo com mando do Santos, no Pacaembu, por decisão da comissão técnica. O terceiro ainda está indefinido e vai depender da escolha da comissão também - explica o gerente de patrimônio, Luiz Fernando Vella.

A definição por Vila Belmiro ou Pacaembu diante do The Strongest, no dia 19 de abril, fechando a participação do Santos pelo Grupo 1, na primeira fase da Libertadores, dependerá dos resultados da equipe no campo. Caso a situação esteja tranquila, o jogo deve ser confirmado para a capital, enquanto no caso contrário, a pressão da Vila seria útil para uma vitória decisiva.

A última partida com mando do Peixe na casa da capital foi no dia 17 de novembro de 2011, no empate por 1 a 1 contra o Atlético-GO. Atualmente sem nenhum ponto na tabela, o Peixe ocupa a terceira colocação do grupo, ao lado do Juan Aurich.
(Fonte: TV Tribuna - Santos)

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

O Brasil não quer a Copa de 2014



O Brasil NÃO QUER a Copa.
O Brasil QUER dignidade para o seu povo.
O Brasil QUER assistência médica igual à que o ex-presidente Lula está recebendo, não tendo que ser atendido em macas e cadeiras, nos corredores de hospitais, morrendo por falta de atendimento.
O Brasil QUER ter o direito de ir e vir sem ser assaltado, estuprado, assassinado, atropelado.
O Brasil QUER ter estradas que não destruam vidas e patrimônio.
O Brasil QUER ter portos, aeroportos, ferrovias, hidrovias e toda a infraestrutura em condições de atender a sua gente e não um bando de turistas de ocasião.

O Brasil QUER ter educação de qualidade, onde os professores sejam respeitados por seus alunos e tenham escolas seguras e modernas, adaptadas à realidade tecnológica atual.
O Brasil QUER que o funcionalismo público que presta serviços essenciais, como bombeiros, médicos, professores, policiais e outros sejam respeitados, tenham salário digno.
O Brasil QUER que a Justiça funcione com celeridade e não fique se arrastando até que os autores de ações pereçam.
O Brasil QUER que as leis sejam feitas para beneficiar a todos e não a um bando de privilegiados que legislam em causa própria.
O Brasil QUER que a sua Soberania, a sua Bandeira, o seu Hino Nacional sejam respeitados.

O Brasil NÃO QUER mais perder suas riquezas para um bando de canalhas que se locupletam, distribuindo nosso patrimônio entre apaniguados e ditadores de países de fundo de quintal.
O Brasil NÃO QUER mais ouvir mentiras oficiais de políticos pegos em suas falcatruas.
O Brasil NÃO QUER mais ver a impunidade campeando entre os políticos e os poderosos enquanto que os humildes amargam em presídios superlotados.
O Brasil NÃO QUER mais ver sua juventude dizimada por drogas oriundas de países de fundo de quintal, cuja entrada é facilitada por autoridades que estão acabando com a família brasileira.
O Brasil NÃO QUER a corrupção.

O Brasil NÃO QUER dar estádio para time que em mais de 100 anos não conseguiu por conta própria.

O Brasil não quer estádios onde não tem times de futebol.

O Brasil não quer "elefantes brancos"

O Brasil NÃO QUER a Copa de 2014.

Algo esta errado!
O mundo tropeçando nas pernas…
Grécia à beira da falência, Portugal, Espanha e Itália na fila para escapar da concordata!
Crise nos EUA, Europa em pane ….
Acabou de encerrar uma reunião do G20, onde a conclusão final para a “pane econômica” mundial foi:
Sem conclusão!

O Brasil por sua vez:
País com dificuldades estruturais gritantes em todas as áreas e setores; com greve de professores, delegados, médicos, policiais, carteiros e etc...
País, sem remédios nos postos de Saúde, sem leitos para doentes, sem estrutura para estudantes, com falhas graves que se reproduzem no ENEM, com centenas de acusações de corrupção (que só aumentam a cada dia), com estradas em péssimas condições, aeroportos esgotados, fome e miséria em diversos lugares etc…

E a FIFA… cheia de graça… cheia de mandos e desmandos…
Mandam ao Brasil seus representantes, e exigem isto…e mais aquilo… e aquilo outro…
Incluso que alteremos as leis para atender os seus interesses; que nos chama de incompetentes a cada reunião (com alguma razão), porém.. a sede da entidade chamada FIFA está na Europa, o mundo vem se transformando e a postura destes é como se estivéssemos em um mundo onde tudo estivesse Cor de Rosa… sem crises, sem problemas, sem fome e miséria…

Ora, mandem estes representantes embora, mandem a FIFA plantar mandioca, mandem a copa embora, mandem junto os nosso cartolas… e estaremos fazendo um bem para o País!
O Brasil vive sem a Copa do Mundo, mas o mundo não vive sem o Futebol do Brasil!
Esqueçam as reformas dos estádios e Adeus Copa!
Fora FIFA, fora COPA!
Fora FIFA, fora COPA!
Por um Brasil – Livre e justo

(Desconheço o nome do autor deste texto, mas com certeza é um cara que defende a Pátria e princípios...)



O último gol do Rei em Brasileiros

Em 21 de julho de 1974, Pelé marcou seu último gol em Campeonatos Brasileiros. Se não foi na Vila Belmiro, o palco foi bastante adequado: o Maracanã, mesmo local do milésimo gol, cinco anos antes.

O resultado, no entanto, é que não foi o melhor possível: o Peixe perdeu por 2 a 1 para o Vasco, também o oponente daquela noite de 19 de novembro de 1969, quando o Santos, no entanto, venceu pelo mesmo placar – e o gol da vitória foi o histórico de Pelé.

Eis o último gol de Pelé em Brasileiros neste vídeo, em uma belíssima cobrança de falta

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Santos "atravessa" a Ponte facilmente: 6 x 1


Caros amigos, dizem que sofrer antecipadamente é sofrer duas vezes. Pois bem, não quero ser como os masoquistas e muito menos os pessimistas, que sempre procuram alguma coisa ruim para sofrer, quando está tudo muito bem e acabam desperdiçando os bons momentos da vida no presente.

Acontece que durante o jogo deste sábado, ao ver o Neymar entortando os adversários, marcando golaços, dando passes para outros gols, fazendo os marcadores levarem cartões amarelos e vermelhos, fiquei pensando em como será depois de 2014. Como é que vamos ficar sem o nosso garoto de ouro?
Sem menosprezar os outros jogadores, pois muitos estão se destacando e jogando bem, principalmente o Paulo Henrique Ganso, considero o Neymar como único e dificilmente surgirá outro igual a ele.

Privilegiados somos nós santistas, não bastasse ter tido o Rei do futebol em nosso time, ainda tivemos o Robinho, se bem que não fosse pela má orientação que teve, poderia ter feito muito mais pelo Santos, agora este sensacional Neymar, que jogo após jogo, notamos sua evolução.
Que Messi que nada. Pelo que vem jogando até agora, injustiça será se não for eleito o "melhor do mundo" este ano.

Voltando ao jogo de hoje, gostei demais do Arouca, que está voltando a jogar bem. O Elano quando entrou também se destacou bastante dando outro ritmo ao time. Outro que está me agradando é o Cristian. Acho que foi muito mais eficiente no apoio ao ataque do que o Fucile. Te cuida gringo, pois você tem um concorrente muito forte na sua posição. Quanto ao Ganso, como já citei acima, felizmente está acordando e jogando o futebol que o consagrou. Será que ele se tocou que com a bolinha que vinha jogando, ninguém teria interesse em contratá-lo? Nota 10 para o time hoje, que aplicou a maior goleada do Paulistão.

O próximo jogo do Peixe será quarta-feira, às 19:30 horas em Campinas contra o Guarani. Partida difícil, ainda mais que jogaremos desfalcados dos três jogadores que estarão na seleção Brasileira e mais o Fucile que estará defendendo a seleção Uruguaia.

Peixe inaugura relógio que marca contagem de 50 dias para o centenário


O centenário do Santos Futebol Clube já começou. Pelo menos, a contagem regressiva para o dia 14 de abril. Foi inaugurado, nesta sexta-feira, o relógio que marcará os dias que restam para a celebração da festa pelos 100 anos do Peixe.

O evento contou com a presença do presidente do clube, Luis Alvaro Ribeiro; do vice, Odílio Rodrigues, e do vice-prefeito de Santos, Carlos Teixeira Filho. De acordo com Bruno Amodio, da GEO Eventos, empresa responsável pelas atividades alusivas à data, novos eventos já estão programados.

“O relógio marca o início dos festejos do centenário do Santos. Além dele, teremos de 4 a 7 de março o navio de março, também faremos uma exposição no Memorial das Conquistas, haverá o lançamento de um livro, do filme e da moeda oficial do centenário e a repaginação do site oficial do clube. São várias surpresas para o torcedor santista”, afirmou.

Segundo Luis Alvaro, o relógio terá uma nova função, tão logo chegue o dia 14 de abril. “Ele vai continuar registrando a fantásticas capacidade do Santos de ser o clube com melhor desempenho de ataque da história do futebol mundial. Nós somos recordistas em gols marcados e ele vai servir para marcar cada um dos tentos que o Santos marcar daqui a pra frente”, promete. Veja abaixo mais fotos do evento ocorrido hoje no Gonzaga em Santos.
(Fonte: Jornal A Tribuna - Santos)




Com gramado quase pronto, Vila Belmiro reabre dia 4



A Vila Belmiro está prestes a reabrir suas portas, após as reformas feitas para melhorar a qualidade da grama. Com o plantio do novo gramado já realizado, o Santos faz os últimos ajustes no estádio para, enfim, voltar a mandar jogos na sua tradicional casa, o que acontecerá no próximo dia 4 de março, no clássico contra o Corinthians, válido pela 12ª rodada do Campeonato Paulista.

No ano passado, o Peixe já havia feito reformas no gramado, mas o resultado não foi eficiente e a qualidade do campo ficou péssima no fim da temporada. Por isso, a empresa responsável pelo trabalho foi novamente deslocada para fazer o serviço, sem custos ao clube. O último jogo do Santos no local aconteceu no dia 27 de novembro do ano passado, no empate por 1 a 1 contra o Bahia. Até o momento, o Alvinegro mandou cinco partidas longe da sua tradicional casa.
(Fonte: Tv Tribuna - Santos)

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Sábado, 18:30 hrs: Santos x Ponte Preta

Neymar se apresenta com dores e recebe ‘agulhadas’


Depois de tanto apanhar, Neymar, finalmente, acusou o golpe. O craque, que em pouco mais de três anos de carreira como profissional nunca sofreu uma lesão séria, reapresentou-se no CT Rei Pelé, nesta quinta-feira, reclamando de dores musculares. Não é para menos. Na quarta-feira, o jogador sofreu dez das 19 faltas cometidas pelo Comercial na vitória do Santos por 2 a 0, na Arena Barueri.

No Twitter, Neymar postou duas fotos do tratametno, uma delas com agulhas na coxa esquerda. Além dele, todos os outros titulares santistas passam por uma sessão regenerativa desta quinta-feira. Segundo o técnico Muricy Ramalho, o exame que mede a capacidade física dos jogadores é quem vai escalar a equipe que enfrentará a Ponte Preta, neste sábado, na Arena Barueri.

A princípio, Neymar e todos as outras principais estrelas do Santos, como Ganso e Borges, estão escalados para encarar a Macaca. A não ser, claro, que o exame aponte alguma lesão.
(Fonte: Tv Tribuna - Santos)

Relógio fará contagem regressiva para o Centenário do Santos FC


Torcedores santistas e moradores da cidade de Santos terão mais um motivo para aguardar com expectativa o Centenário do Santos FC. Nesta sexta-feira, a partir das 12h, um relógio montado na Praça das Bandeiras (foto), na praia do Gonzaga, inicia a contagem regressiva para a comemoração.

Chamado de "Relógio do Centenário", o monumento possui quase cinco metros de altura e fará a contagem regressiva até o dia 14 de abril, data do aniversário do Santos. O presidente do clube, Luis Alvaro Ribeiro, e um integrante do Sócio Rei acionarão o relógio.

Segundo o clube, o mostrador passará a servir como contador de gols do clube, maior artilheiro da história do futebol após a data do centenário.

Além do presidente do Santos, estarão presentes o vice, Odílio Rodrigues, além do prefeito da cidade, João Paulo Tavares Papa, e outras autoridades locais. Está programada também uma apresentação do coral infantil da Legião da Boa Vontade (LBV), cantando o hino e outras músicas relacionadas ao clube.
(Fonte: Tv Tribuna - Santos)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Santos encosta nos líderes


O Santos venceu o Comercial por 2 a 0 nesta quarta-feira, na Arena Barueri, pela 9ª rodada do Campeonato Paulista, e conquistou a quarta vitória consecutiva na competição. Os gols foram marcados por Ibson e Durval, mas os méritos da vitória pertencem mais uma vez para a dupla Neymar e Ganso.

Os craques santistas foram essências para o Santos romper a defesa adversária. Os dois abusaram da habilidade e foram objetivos em quase todas as jogadas de efeito. Ganso aplicou chapéu, passes de calcanhar e lançamentos perfeitos. Neymar repetiu o repertório de Ganso, e completou com dribles rápidos e ‘pedaladas’ contra os zagueiros.

A forte marcação do Comercial causou problemas para as estrelas santistas no início da partida. O time de Ribeirão Preto se posicionou com duas linhas de quatro jogadores no campo de defesa e apostava nos contra-ataques. Com dificuldades, o Santos contou com a habilidade de Ganso e Neymar para abrir a ‘retranca’ do Comercial.

A primeira tentativa foi em cobrança de escanteio. Aos 12 minutos, Neymar cobrou escanteio e Edu Dracena desviou de cabeça para o gol, mas a bola bateu no travessão do goleiro Alex. Apesar da postura extremamente defensiva, o Comercial aproveita o espaço deixado pelos santistas no meio-campo para chegar ao gol de Aranha.

Após Luís Augusto receber falta na entrada da área em um dos poucos contra-ataques do Comercial, Rossato cobrou falta aos 18 minutos e acertou a trave direita de Aranha.

O Comercial tentava segurar o Santos, mas foi alvo da habilidade de Neymar aos 26 minutos. O camisa 11 arrancou do campo de defesa, driblou três marcadores e lançou Ibson, que recebeu livre, sem marcação, e chutou de perna esquerda na saída do goleiro para abrir o marcador.

O Santos ainda teve uma grande oportunidade de ampliar o placar no primeiro tempo. Neymar deu uma bela assistência para Borges, que ficou na frente do goleiro, mas preferiu tocar para Juan, que finalizou em cima da defesa.

No segundo tempo, o Comercial continuou apostando na ‘retranca’ para surpreender o Santos. O time de Muricy Ramalho também continuava dependente de Neymar e Ganso. No primeiro lance de perigo, o camisa 11 cobrou falta da direita na cabeça de Ganso, que acertou o travessão.

A dupla também procurava Borges na área, mas o centroavante passa por uma fase ruim e perdeu todas as oportunidades. No final, Elano entrou na vaga de Ibson, bateu falta na cabeça de Durval, que fechou o placar na Arena Barueri. O Santos volta a campo neste sábado às 18:30 hrs, enfrentando a Ponte Preta.
(Fonte: Uol Esportes)











Santos quer manter boa fase hoje contra o Comercial




Invicto há três rodadas no Campeonato Paulista, o Santos terá a oportunidade de ampliar a sequência de vitórias nesta quarta-feira, diante do Comercial, às 19h30. Com a Vila Belmiro ainda em reforma, o Peixe manda seu jogo para a Arena Barueri.

Na quinta colocação com 15 pontos, o Santos exibe bom aproveitamento após oito rodadas: 62,5%. A média de 2,13 gols por partida evidencia que a equipe santista está entrosada em campo. Nas últimas três rodadas, o Peixe balançou as redes 11 vezes, sofrendo apenas três gols.

Já do lado rival, o Comercial não vive boa fase. Sem vencer há quatro jogos, a equipe está na 14ª colocação e a dois pontos da zona de rebaixamento.

Para emplacar mais uma vitória, o Santos não poderá contar com o goleiro Rafael, que segue vetado pelo departamento médico. Apesar do desfalque no gol, Muricy Ramalho vai para o duelo com força total, podendo contar no banco com a volta de Alan Kardec e Anderson Carvalho.

O Comercial tem uma baixa sofrida para a partida desta quarta-feira. A equipe não poderá contar com o artilheiro do time Elionar Bombinha. O jogador sofreu uma contratura muscular e está fora do jogo.

O último confronto entre Santos e Comercial aconteceu há 26 anos, quando o Peixe foi derrotado por 2 a 1 jogando no Estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto.

Santos x Comercial

Santos: Aranha; Fucile, Edu Dracena, Durval e Juan; Arouca, Henrique, Ibson e Ganso; Neymar e Borges. Técnico: Muricy Ramalho

Comercial: Alex Santana; Sidny, Rafael Tavares, Fabão e Wellington; Jonílson, Jordã, Ricardo Conceição, Carlos Magno, Luís Augusto; Alex Rafael e Henan. Técnico: Márcio Fernandes

Árbitro: Aurélio Santanna Martins

Auxiliares: Reinaldo Rodrigues dos Santos e Claudson Lincoln Begiato
(Fonte: Jornal A Tribuna - Santos)

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Santistas eternizam Neymar e Pelé no peito


O dia 9 de novembro de 2011 marcou o futebol brasileiro. Foi nessa data que Neymar anunciou ao mundo o "não" aos espanhóis Barcelona e Real Madrid, rivais na luta fora de campo para contratá-lo, e o "fico" no Santos até o fim da Copa do Mundo de 2014. A histórica decisão rendeu inúmeros elogios, mas sensibilizou de forma especial a dois santistas fanáticos: Adriano Aparecido da Silva e Anderson Aparecido Alves de Almeida.

Logo após o craque garantir a permanência, a dupla de amigos conversou e decidiram: tatuariam os rostos de Neymar e Pelé, em homenagem aos dois ídolos eternos do Peixe.

Dali em diante, os dois moradores da região do grande ABC procuraram desenhos com as imagens da joia e do Rei na internet, até definirem as tatuagens. Anderson terminou tudo em duas sessões, pois apenas acrescentou os rostos de Pelé e Neymar ao lado de três escudos do Santos que ele já tinha no peito.

Já Adriano precisou de três sessões para completar o desenho, terminado na última sexta-feira e exibido com orgulho para os amigos, que o "cornetam".

"Doeu demais. O pessoal olha e fala que eu sou louco, mas depois elogiam, porque acham que ficou muito legal. São os dois maiores do Santos, nunca vou me arrepender. Ficam de piadinha, perguntando: "E se o Neymar for para o Corinthians?". Eu acredito que não vai, mas se for, só o que ele já fez pelo Santos com 20 anos representou demais", diz Adriano.

A ideia inicial era incluir também a imagem de Robinho, imitando uma bandeira da Torcida Jovem, maior organizada do clube, que traz a imagem do trio, com a mesma frase da tatuagem de Anderson: "Um reinado de pura magia". Mas Anderson diz que decidiu excluir o Rei das Pedaladas, pela forma como o craque deixou o Peixe.

Já Anderson, que foi ao Japão para ver o Mundial de Clubes e assistiu ao vivo a derrota por 4 a 0 do Peixe para o Barcelona, garante que ficou com mais vontade de fazer a tatuagem após o revés.

"Não ia deixar de fazer por isso. Depois da derrota me deu mais ânimo ainda. O moleque é fera. Quando soube que o Neymar renovaria, liguei para o Adriano e ele disse que estava quase chorando. Foi então que decidimos fazer. Só de lembrar já me arrepio. É o Rei do Futebol e o Mito", diz Anderson.

Esta não é a primeira vez que torcedores fazem homenagens a Neymar com tatuagens. Uma menina de Uberlândia, por exemplo, tatuou o nome do jogador dentro da boca.
(Fonte: Jornal A Tribuna - Santos)

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Santos joga bem e vence o Mirassol - 3 x 1

Caros amigos, ao contrario do que aconteceu na última quarta feira, hoje vou dormir tranquilo. Não estou dizendo que o Santos jogou uma partida soberba. Mas o que vi foi um time com mais garra, mais organizado em campo, fazendo boa marcação e alguns jogadores se sobressaindo.

Considerando que o time do Mirassol é muito superior ao The Strongest, que enfrentamos no meio da semana, o Santos teve enorme progresso em relação àquela partida. Quero ser otimista e considerar que a atuação do time nesta tarde noite, seja um sinalizador de uma enorme luz no fim do túnel.

Quanto aos jogadores que atuaram hoje, o goleiro Aranha não teve muito trabalho e não gostei do lateral direito Fucile. Quando tentou apoiar o ataque, pareceu indeciso e andou perdendo alguns lances que pareciam estar sob seu controle. Gostei do lateral esquerdo Juan, que estava sempre presente no apoio ao ataque e com muito mais segurança que seu companheiro da lateral direita. O gol que marcou já na estréia, com certeza servirá como grande motivação.

A zaga esteve bem, assim como o Henrique, bem melhor que nas partidas anteriores. O Arouca voltou a jogar bem, colaborando bastante com jogadas de apoio ao ataque. Paulo Henrique Ganso esteve muito bem e se continuar neste crescente, com certeza voltará a ser o grande maestro no meio de campo.

E o Ibson, hein pessoal... por mais que a gente torça para que o moço acerte, não tem jeito mesmo. Ele é bastante esforçado mas não passa disto. Uma pena. Não sei onde foi que ele esqueceu seu futebol. O Elano apesar de não estar jogando bem, quando entrou deu para perceber que seu futebol é muito superior ao do seu companheiro que foi substituído.

No ataque, Borges teve melhor movimentação que na partida da Bolívia e Neymar correu muito mas sua atuação não foi muito destacada.
O Peixe volta a campo na próxima quarta feira as 19:30 horas em Barueri, contra o Comercial de Ribeirão Preto.


Golaço de Ibrahimovic a "la Neymar"


Caros amigos, vocês com certeza já viram este golaço, marcado por Ibrahimovic, no dia 22/11/2006, quando ele ainda jogava pelo Ajax da Holanda. Vale a pena rever... uma pintura!


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Santos FC viaja com 18 jogadores para jogo contra o Mirassol


O Santos FC terá praticamente todos os seus principais jogadores para a partida deste sábado (18) contra o Mirassol, pela 8ª rodada do Paulistão, no Estádio José M. Campos Maia, em Mirassol. O técnico Muricy relacionou 18 atletas para a viagem e daqueles que estão jogando constantemente, só ficaram de fora o goleiro Rafael, com dores na coxa direita, e o atacante Alan Kardec, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Outro desfalque é o volante Anderson Carvalho, também cumprindo suspensão automática pelo terceiro amarelo. Entre as atrações, a estreia do lateral esquerdo Juan, apresentado oficialmente nesta sexta-feira no CT Rei Pelé. Sua primeira partida estava prevista para ser na última quarta-feira contra o The Strongest, na Bolívia, pela Libertadores, mas precisou cumprir suspensão por ter sido expulso frente o Libertad, do Paraguai, ano passado na Copa Sul-Americana, quando atuava pelo São Paulo.

Acompanhe os relacionados para o jogo contra o Mirassol:

Goleiros
Aranha e Vladimir

Zagueiros
Bruno Rodrigo, Durval e Edu Dracena

Laterais
Crystian, Fucile, Juan e Pará

Volantes
Arouca e Henrique

Meias
Elano, Felipe Anderson, Ibson e PH Ganso

Atacantes
Borges, Dimba e Neymar

(Fonte: Site Oficial Santos FC)

Freguesia quase que total


Caros amigos, ainda está difícil de engolir a ultima derrota do Santos na estréia da Libertadores 2012.
Ainda mais em se tratando de ter perdido para um time ruim e de um país sem nenhuma tradição no cenário esportivo internacional.

O Peixe, ao todo, já disputou 17 partidas contra equipes da terra de Evo Morales, vencendo nada menos que 14 e perdendo três, já contando com a derrota da última quarta feira. Tem um aproveitamento de 82,4%.

A útima vítima boliviana do poderio santista foi o San José, de Oruro, pela Libertadores de 2008. Se como visitante, o Alvinegro foi surpreendido por 2 a 1, na Vila, o resultado foi bem diferente. Um mais do que convincente 7 a 0. Na ocasião, a estrela foi o meia colombiano Molina, hoje na Coreia do Sul, que balançou as redes quatro vezes. O zagueiro Domingos, o centroavante Kléber Pereira e o meia equatoriano Quiñonez completaram o massacre.

Vamos aguardar o jogo da volta no Brasil e torcer para que que nosso time repita em cima do The Strongest, a goleada que impôs ao San José em 2008.








     Relembre em vídeo a exibição de gala do Peixe!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012




Caros amigos, mais uma vez, venho  agradecer a todos os visitantes e seguidores, nacionais e internacionais, pelas mais de 5000  visualizações de página, em menos de 05 meses de existência deste blog.


É muito gratificante e incentivador quando obtemos resultados acima de nossa expectativa.
Pediria aos que aprovam o conteúdo deste blog, o favor de divulgá-lo aos seus amigos e contatos de e-mails, torcedores do Santos FC. 
Estamos abertos a comentários, criticas e sugestões. Abraços a todos.





quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Santos perde muitos gols e leva castigo no final da partida


Caros amigos, apesar das ótimas chances de ter matado a partida enquanto o placar estava 1 a 1, o Santos não soube resolver e acabou surpreendido nos minutos finais. Assim, o Peixe iniciou a sua jornada pelo tetra campeonato da Libertadores com derrota, nesta quarta-feira, para o The Strongest, em La Paz, na Bolívia.

Apesar que em determinados momentos do segundo tempo, o Santos sofreu muita pressão por parte dos bolivianos, perdemos inúmeras chances claras de gols que poderiam ter liquidado a partida em nosso favor.

Para os torcedores que compareceram ao estádio, o espetáculo dentro de campo foi muito bom. Para as nossas pretensões de chegar ao tetra da Libertadores, a derrota foi um balde d´água fria, que evidenciou um time muito vulnerável e inseguro. O alerta foi ligado. 

Grave foi a desinformação do Santos quanto ao lateral Juan. O técnico Muricy Ramalho só descobriu em território boliviano que estava proibido de promover a estreia do lateral-esquerdo. O mesmo estava confirmado como titular para esta quarta-feira em La Paz, mas não pôde entrar em campo, já que estava suspenso pela Conmebol, devido ter sido expulso no final da partida entre São Paulo e Libertad-PAR, no dia 26 de outubro, válida pela Copa Sul-Americana do ano passado.
 Agora vão dizer que já sabiam... então por que viajou? Para gastar mais e fazer turismo?

O próximo jogo do Santos na Libertadores é contra o Inter, dia 8, na Vila. Pelo Paulistão, o time enfrenta o Mirassol, sábado, fora de casa. Muricy provavelmente vai poupar os titulares.




Santos em peso na Seleção


Os santistas mais verde-e-amarelos do futebol atual não escondem a satisfação de voltarem a figurar em uma lista de Mano Menezes. Neymar, Paulo Henrique Ganso e Rafael figuram entre os convocados para o amistoso contra a Bósnia Herzegovina, dia 28 de fevereiro, na Suíça.

Em viagem com o Santos, para a estréia na Libertadores, nesta quarta, às 19h45 (de Brasília), contra o The Strongest (BOL) em La Paz, eles falaram à Santos TV sobre usarem, novamente, a camisa canarinho, ainda mais em um ano olímpico.

“O Santos está em peso (risos). Fico muito feliz, espero representar bem a Seleção mais uma vez, e que não sejamos apenas nós três, mas outros também sejam chamados em breve”, diz Neymar.

O goleiro Rafael é o mais “novato” em termos de Seleção Brasileira. Chamado para o Superclássico das Américas, em setembro do ano passado, ele integra mais uma vez uma lista de Mano Menezes. O sonho, porém, vai um pouco mais longe – mais precisamente, a Londres, sede da Olimpíada deste ano.

”É bom demais. Você trabalha para ser reconhecido, para ir para a Seleção, mas, quando vê seu nome na lista, a felicidade é grande, nem dá para descrever. Lógico que (a Olimpíada) é um sonho, mas ainda está longe. Tenho muito o que trabalhar”, promete. A tradição santista, que misturar preto e branco com verde e amarelo, deve seguir adiante por muito tempo.

Seu ‘irmãozinho’ Ganso, que volta à Seleção após um 2011 de altos e baixos, também agradeceu o voto de confiança de Mano Menezes. “É sinal de que o trabalho (em 2012) tem sido bem feito. É uma superação, e muita coisa boa ainda vai acontecer”, aposta o camisa 10 santista.
(Fonte: Jornal A Tribuna - Santos)

Santos FC divulga lista dos 25 atletas inscritos para primeira fase da Libertadores



O Santos FC enviou nesta terça-feira (14) para a Conmebol, a lista dos 25 atletas para a disputa da Libertadores 2012. A relação inclui a numeração fixa para a competição sul-americana.
Dois detalhes: um, é que o Santos inscreveu três jogadores que estão lesionados: Léo, Adriano e Rentería; outro, é que na expectativa de fechar negociação de Alex Silva com o Flamengo, o Peixe entregou com atraso a relação de jogadores à Conmebol e pagará uma multa de aproximadamente oito mil e quinhentos reais.


Confira a lista:


Goleiros
1 – Rafael
12 – Aranha
24 – Vladimir                        


Zagueiros
2 – Edu Dracena
6 – Durval
14 – Bruno Rodrigo
23 – Vinicius Simon

Laterais
3 – Léo
4 – Fucile
13 - Crystian
16 – Juan
21 – Pará

Volantes
5 - Arouca
7 - Henrique
15 - Adriano
22 – Anderson Carvalho

Meias
8 – Elano
10 – PH Ganso
17 – Felipe Anderson
18 – Ibson

Atacantes
9 – Borges
11 – Neymar
19 – Alan Kardec
20 – Renteria
25 – Dimba

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Estreia na Libertadores em 2003: América de Cali 1 x 5 Santos



Para matar saudade e torcendo para que o Peixe inicie bem esta Libertadores, vamos relembrar a estréia no torneio, em 05 / 02 / 2003, quando o Santos goleou o América de Cali, na Colômbia, por 5 x 1. Nesta partida, Robinho ainda magrinho aprontava para cima dos colombianos.






Santos chega à Bolívia para início da Libertadores


Após três horas de vôo, o Santos desembarcou no início da noite desta segunda em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, para a estreia na Copa Libertadores. O Peixe encara o The Strongest nesta quarta, às 19h45 (horário de Brasilia) em La Paz. Porém, para não sofrer imediatamente com a altitude de 3.500 metros, a comissão técnica alvinegra optou por fazer a preparação do time na cidade vizinha.

Ao pisar em solo boliviano, os jogadores não encontraram os gritos de incentivo dos torcedores alvinegros. Apenas alguns fãs naturais de Santa Cruz. Além disso, tiveram que encarar a marcação cerrada de dezenas de jornalistas locais ansiosos por notícias do atual campeão sul-americano. Neymar, com sempre, era o foco das lentes fotogrtáficas e dos microfones bolivianos.

Contudo, ao responder os questionamentos dos jornalistas, Neymar não se prolongou. "Esta é minha primeira vez na Bolívia. Sei das dificuldades que vamos encontrar por conta da altitude, mas espero ajudar o Santos a começar bem na Libertadores".

O meio-campista Paulo Herinque Ganso, que dormiu durante todo o vôo, falou rapidamente com A Tribuna no saguão do aeroporto: "A viagem foi tranquila e vamos nos concentrar bastante para ver se conseguimos sair da altitude com a vitória".

O discurso do atacante foi reproduzido pelo lateral-direito Fucille, que aguarda o triunfo frente aos anfitriões "para sair contente de La Paz".

Após chegarem ao hotel, os santistas jantaram e, logo em seguida, se trancaram em seus quartos. Nesta terça, às 15 horas, o Peixe faz o seu primeiro treinamento no Estádio Municipal Ramón Tahuichi Aguilera visando o duelo de La Paz.
(Fonte: Jornal A Tribuna - Santos)

domingo, 12 de fevereiro de 2012

A defesa foi o melhor ataque...


Caros amigos, mesmo com quase toda a equipe reserva, o Santos goleou o Linense na noite deste domingo, por 4 a 1, em São Bernardo do Campo (SP) e entrou na zona de classificação do Paulistão. Após a sétima rodada, chegou à sexta colocação, com 12 pontos.

Com três gols marcados por jogadores da defesa, Bruno Rodrigo, Vinicius Simon e Anderson Carvalho, mais um do novato Dimba, único atacante a marcar, o Santos B deve agradecer a goleada também ao goleiro Rafael, único titular em campo. As defesas importantes ao longo da partida ajudaram a garantir o placar favorável.
O fato curioso é que todos os quatro jogadores que marcaram, fizeram seus primeiros gols com a camisa do Santos.

Destaque também para o volante Anderson Carvalho. Em noite inspirada, ele comandou o meio de campo, fez um gol e deu uma assistência para Dimba confirmar a vitória. Acho que o Muricy deveria ver com bons olhos a substituição do titular Henrique pelo reserva Anderson Carvalho. Outro que logo terá que jogar no time principal, é o garoto Felipe Anderson. Seu futebol vem crescendo jogo a jogo. Está jogando muito mais que o titular Elano.

 Agora as atenções serão voltadas para a estreia na Copa Santander Libertadores, na próxima quarta-feira, as 19:45 hrs, contra o The Strongest, em La Paz, na Bolívia.







sábado, 11 de fevereiro de 2012

Conheça um pouco da história da Chácara Nicolau Moran (Antigo local de concentração do Santos FC)


                                            Este vídeo, foi gravado por ocasião da
                                            inauguração da Chácara Nicolau Moran


Antes de comprar o Rancho Manacá, no Km 34 da Via Anchieta, pista norte, em São Bernardo, pertencente a firma Wilson Russo S/A, no valor de 250 mil cruzeiros, com entrada de 20 mil e 10 mil mensais, o time do Santos FC costumava se concentrar no alto da Serra do Mar, principalmente no Hotel Estoril e no Hotel Sierra Morena, em Ribeirão Pires.

A Chacára Nicolau Moran, com uma área de 60 mil metros quadrados, recebeu o nome em homenagem ao ex-diretor santista (foto), falecido em 2 de março de 1968, horas antes do time santista entrar em campo para enfrentar o Colo-Colo e vencê-lo por 4 a 1, no Torneio Octogonal do Chile, que também recebeu o nome do ex-dirigente e que foi vencido pelo alvinegro praiano.





Vista parcial da chácara quando estava em
estado de abandono total
Nicolau Moran foi um excelente meia-direita que atuou pelo 11 da Vila Belmiro, de 1931 a 1949, jogando 130 partidas e marcando 28 gols com a camisa santista. Até hoje, seu nome é respeitado no seio da coletividade alvinegra e serve como modelo de dirigente de futebol.


Jogada às traças durantes anos, a Chácara Nicolau Moran mostra que a incompetência dos nossos dirigentes é uma coisa que acontece a tempos dentro do Santos. Tal incompetência parece até um vírus que toma conta de quem senta nas cadeiras de presidente, diretoria e conselho deliberativo do glorioso.

 Fundada em 14 de setembro de 1968, a Chácara Nicolau Moran contava em sua infraestrutura, com campos de futebol, cozinha industrial, saguão, amplo espaço de descanso e lazer, além de alojamentos e uma Capela onde os jogadores do Santos costumavam fazer suas orações. O local é tido como patrimônio histórico do clube. Quando a equipe estava concentrada lá, o Pelé adorava pescar na Represa Billings e tocar violão, sentado na varanda do alojamento.
No inicio da década de 90, o Santos FC deixou de se concentrar na chácara e o local ficou abandonado durante muitos anos.

Em 2009, após meses de negociações, o São Bernardo Futebol Clube acertou com o Santos, contrato de comodato da Chácara Nicolau Moran válido por cinco anos e renovável pelo mesmo período. Até onde consegui informações (não posso afirmar com certeza), a chácara estaria hoje sendo usada como CT para o time de São Bernardo do Campo. Caso alguém tenha informações mais concretas sobre o uso atual da chácara, favor nos informar através de comentário neste blog, ou pelo e-mail: celiopegoraro@hotmail.com

                                          <><><><><><><><><><><><><><>

Hoje, 29/08/2013, recebi um e-mail de José Eduardo Polato de Oliveira, que nos passou algumas informações à respeito da chácara Nicolau Moran. Confira na íntegra, o conteúdo do e-mail:

Boa Noite Célio,
Saudações alvinegras,

Na semana passada consegui informações sobre a antiga concentração do Peixe, infelizmente  as tentativas de revitalização não prosperaram continuando a chácara sem utilização .
Os comodatos  com a fundação  Estancia das Crianças e com o São Bernardo foram interrompidos segundo artigo do Diário de São Paulo.
Então tive a ideia  de nós Santistas fazermos uma campanha para que a mesma receba manutenção básica pelo menos, para preservar o patrimônio do Santos F.C

Grande Abraço
José Eduardo Polato de Oliveira

- Obrigado José Eduardo, e abraçamos a sua ideia da campanha para a preservação daquele patrimônio Santista. Abraços


sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Histórias do Santos FC (16) - 1961



Santos FC 1961 - Bi campeão Paulista e campeão Brasileiro - Em pé: Getúlio, Zito, Formiga, Dalmo, Mauro e Laércio. Agachados: Tite, Mengálvio,  Dorval,  Pelé e Pepe

O Santos Futebol Clube já vivia sua melhor época. O elenco já era base da Seleção Brasileira e era merecedor de elogios no Brasil e no exterior. Uma das linhas ofensivas mais famosas do mundo, formada por Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe, massacrava seus adversários e sempre lutava por títulos dentro ou fora do país. Em 1961, o Alvinegro viria a conquistar o seu primeiro título nacional, e iniciando uma hegemonia sem igual no futebol brasileiro.

Calvet também jogou no
 timaço de 1961
Para dar uma mostra do que aquele time seria capaz naquele ano, o time havia conquistado no exterior o bicampeonato do Torneio de Paris, o título do Torneio Pentagonal de Guadalajara e o Torneio Itália 1961. No final do ano o Peixe viria a ser bicampeão paulista. Porém nenhuma dessas conquistas chega perto da grande ambição daquele ano: o título de campeão brasileiro. Era nada menos do que a possibilidade de se firmar em absoluto como o melhor time do Brasil, algo que já se mostrava dentro de campo, com a beleza ímpar de seu futebol.

 Com o título de campeão paulista em 1960, o Santos teve o direito de disputar novamente a Taça Brasil. Desta vez, estavam presentes 17 clubes campeões estaduais em 1960 e o campeão brasileiro, o Palmeiras. Nenhum destes foi páreo, para o formidável Santos comandado por Pelé.

Classificado diretamente às semifinais, o Santos primeiro encarou o América carioca, vencendo no Estádio São Januário por 6x2. É até fácil imaginar que no jogo de volta, na Vila Belmiro, uma nova vitória viria. Porém, o Peixe acabou perdendo por 1x0, o que provocou um terceiro jogo a ser disputado no Pacaembu. Ali, a lógica prevaleceu e o Alvinegro passou à final com um incontestável 6x1 no campeão carioca.

O curinga Lima também
participou em 1961
A decisão era contra um adversário conhecido: o Esporte Clube Bahia, algoz dos santistas na decisão da Taça Brasil de 1959. O jogo era tido pelos alvinegros como uma verdadeira revanche. No primeiro jogo, na Fonte Nova, num recorde de renda no Nordeste, tricolores e alvinegros ficaram no 1x1, ficando a decisão bem aberta ao 2º jogo.

Jogando no seu "alçapão", cinco dias depois do primeiro embate da decisão e apenas duas semanas depois de se sagrar bicampeão paulista, o Santos não deu chances ao adversário, dando o troco de dois anos antes em grande estilo: com três gols de Pelé e dois de Coutinho, o time paulista massacrou os baianos, que ainda fizeram um tento de honra nos minutos finais. Com um imponente 5x1, o Santos F.C. se sagrava pela primeira vez campeão brasileiro, se tornando futuramente ao lado do Palmeiras o clube que mais vezes foi campeão nacional (8 vezes).



Recorte do jornal Folha de São Paulo que relata a partida decisiva entre
Santos e Bahia, vencida pelo time paulista por 5x1. A goleada valeu ao
Alvinegro o título de campeão brasileiro de 1961.

Para os que contestam a "unificação dos títulos", este recorte de jornal serve para provar 
que a Taça Brasil era a que definia o campeão Brasileiro. 







No vídeo abaixo, vocês poderão ver a vitória de 5 x 1 do Santos na final da Taça Brasil contra o Bahia. A imagem está um tanto precária, mas vale a pena ver o primeiro título de Campeão Brasileiro, à mais de 50 anos. 







Dados de jogos do Santos FC na temporada 1961
Ultima atualização realizada em 28 de dezembro de 1961
JOGOS - 94
VITÓRIAS - 67
EMPATES - 14
DERROTAS - 13
GOLS PRÓ - 338 (MÉDIA 3,59 GOLS/JOGO)
GOLS CONTRA - 137 (MÉDIA 1,45 GOL/JOGO)
SALDO - 201

Não deixem de ver as próximas postagens desta série!





FC Barcelona - Jogadores ou Atores?

Caros amigos, esta postagem não tem nada a ver com o fato de o Santos FC ter se dado mal quando enfrentou o Barcelona no Mundial de Clubes. A vitória do time da Catalunha foi indiscutível, e se ainda existir alguma mágoa, é pela postura em campo do time alvinegro naquela oportunidade. Enfim, vamos ao assunto: Se as imagens do treinamento, mostradas neste vídeo forem verdadeiras, alguém tem que levá-lo à Fifa para punir estes atores. Também são mostradas neste vídeo, lances de jogos onde os jogadores do Barça  usam de pura malandragem (uns sim e outros não) para enganar a arbitragem. Assistam ao vídeo e tirem suas conclusões...


Com show de Neymar, Santos faz virada relâmpago



Caros amigos, parecia que os 40 minutos de bronca que o Muricy deu no elenco santista no inicio da semana, não tinha surtido efeito. Esta é a impressão que ficou após os 45 iniciais. Com o time lento e apático, o Santos terminou o primeiro tempo perdendo por 1 x 0, apesar de ter tido maior posse de bola do que o Botafogo, 63%.

No intervalo, com certeza Muricy aplicou nova bronca e os jogadores voltaram ligados do vestiário. Tão "elétricos" que acenderam a estrela de Neymar. Resultado: com três gols do craque, o Peixe venceu o Botafogo, por 4 a 1, no estádio Santa Cruz. Felipe Anderson marcou o quarto já nos acréscimos do segundo tempo.

A atuação santista, no entanto, não foi das melhores. De bom, gostei da estréia do lateral Fucile, que entrou no segundo tempo e deu novo poder ofensivo ao time e mais uma vez, a capacidade de Neymar em decidir uma partida.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Santos acerta com Juan e aguarda lateral nesta quinta



Após idas e vindas, o Santos finalmente acertou com o lateral-esquerdo Juan, do São Paulo, o empréstimo sem custos até o fim do ano. O Peixe aguarda o jogador nesta quinta-feira para fazer exames no CT Rei Pelé. Apenas algum problema detectado nos procedimentos poderá melar o acordo já selado entre os rivais paulistas.

Para fechar com o Peixe, Juan aceitou baixar as exigências que tinham emperrado a negociação anteriormente - o jogador havia pedido três anos de contrato, com aumentos de salários anuais, mais luvas.

Preterido no Tricolor, onde realiza treinamentos, mas não vinha sendo relacionado pelo técnico Leão, Juan foi descartado para a temporada pela diretoria do São Paulo, que tinha interesse em se livrar do alto salário do atleta, reserva de Cortez.

No Santos, Juan chegará para suprir a carência na lateral esquerda, orfã com a lesão de Léo, parado por 30 dias - atualmente, o jovem Paulo Henrique é o único jogador da posição apto a atuar. As opções Emerson Palmieri e Geuvânio foram descartadas por Muricy Ramalho, que rebaixou os garotos novamente para a base e tem usado Pará improvisado no setor.
(Fonte: Tv Tribuna - Santos)

Santos é multado pela Receita em R$ 8,4 mi por problemas no recolhimento de impostos



O Santos foi notificado pela Receita Federal nesta semana por apropriação indébita. O valor da multa, de R$ 8,4 milhões, é decorrente do recolhimento de impostos que deveria ter sido feito entre 2007 e 2009, período em que o clube foi presidido por Marcelo Teixeira.

Os impostos (cerca de R$ 4 milhões) foram deduzidos dos funcionários, mas nunca foram entregues à Receita. Ao valor foram somados multa de R$ 3 milhões e juros de R$ 1 milhão. Oficialmente, o departamento jurídico do Santos disse que, por enquanto, não vai se pronunciar sobre o caso.

Teixeira, em nota enviada por sua assessoria de imprensa, afirma que “as dívidas de impostos mencionadas já estavam em fase de refinanciamento junto à União desde 2009” e que “a atual gestão não deu o devido prosseguimento”.

Segundo a nota, à época, foi contratada a advogada Cristina Lino Moreira, que impetrou mandado de segurança em 2009 “contra a cobrança indevida destes débitos, cabendo à atual gestão o acompanhamento do processo e finalizar o entendimento com a União”.

A dívida com a Receita, com isso, impede o Santos de obter a Certidão Negativa de Débito (CND), necessária para a obtenção de recursos, por meio de incentivo fiscal, junto ao Ministério do Esporte, para a concretização de projetos do clube.
(Fonte: Jornal A Tribuna - Santos)

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Primeiro grande ídolo de Pelé, Zizinho foi o mais completo jogador de sua geração




Tomás Soares da Silva, mais conhecido como Zizinho, ou também "mestre Ziza", nasceu em São Gonçalo no dia 14 de setembro de 1921. Faleceu no dia 08 de fevereiro de 2002, vítima de problemas do coração. Zizinho nunca jogou no Santos FC, mas merece ser destacado com este post especial, visto tratar-se de um grande futebolista e excelente caráter.

Amante do samba e que por vezes arriscava soltar a voz, Zizinho foi um dos mais importantes nomes do futebol de sua época, nas décadas de 1940 e 1950.

Segundo o jornalista João Máximo, o ídolo de Pelé foi o mais completo jogador brasileiro de sua geração: “Era artilheiro que jogava no meio do campo, ou armador que sabia fazer gol”, disse.

Na Copa de 1950 no Brasil, seu estilo de jogar maravilhou os torcedores e ajudou o Brasil a chegar até a final. Apesar da derrota surpreendente de 2 a 1 para o Uruguai, foi considerado o melhor jogador daquela copa. Zizinho é considerado por muitos o jogador mais completo depois de Pelé, tendo marcado 145 gols pelo Flamengo e 31 pela a seleção 

Zizinho defendeu o Flamengo no início da carreira profissional e com o rubro-negro conquistou quatro Campeonatos Cariocas.

Na década de 1950, jogou no Bangu e encerrou sua carreira no São Paulo, onde foi peça fundamental para que o clube paulista conquistasse o estadual de 1957.

Veja  no vídeo abaixo, o emocionante depoimento de Zizinho para o Globo Esporte em 1999. 





40 minutos de bronca! Acho que ainda é pouco...


Dois gols em quatro minutos e a vitória praticamente assegurada foi por água abaixo. Assim o Santos foi derrotado pelo Palmeiras, por 2 a 1, no clássico do último domingo, em Presidente Prudente, pelo Campeonato Paulista. Titular no jogo, Henrique admite que faltou pegada no meio de campo do Peixe.

- Assistimos depois ao jogo e faltou chegar mais, dar o primeiro combate. Não só eu, mas todos. A melhora tem de ser geral, não só dos jogadores de meio-de-campo. O mais importante é que temos consciência disso - analisou o volante.

Nesta terça-feira, reapresentação do elenco após o clássico, Muricy Ramalho deixou bem claro que não gostou da forma como o Santos levou a virada para o Verdão. O técnico usou 40 minutos do treino para conversar com os jogadores sobre os erros cometidos.

Segundo Henrique, a conversa foi um alerta para que os vacilos não sejam repetidos nas próximas partidas do Peixe, principalmente na Taça Libertadores. A estreia do Alvinegro na competição sul-americana acontece na próxima quarta-feira, contra o The Strongest, da Bolívia, em La Paz.

- Ele conversou conosco e nos alertou para não repetirmos esses erros. A cobrança foi geral, pelo jogo que estava nas nossas mãos e deixamos escapar. Ele sabe o que é melhor para nós e está ali para dizer a direção correta - revelou o jogador.

Com seis pontos, o Santos está na décima posição do Campeonato Paulista. Desde a estreia dos titulares, contra o Oeste, quinta-feira passada, o Alvinegro ainda não conseguiu vencer: um empate contra o time de Itápolis e a derrota para o Palmeiras.
(Fonte: globo esporte.com)

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Há 42 anos, Santos FC conquistava Torneio Hexagonal do Chile



Em 07 de fevereiro de 1970, com dois gols de Pelé e um de Coutinho, o Santos Futebol Clube sagrou-se Campeão do Torneio Hexagonal do Chile pela terceira vez. Na final, o Peixe venceu o Universidad Catolica por 3 a 2 no Estádio Nacional de Santiago do Chile. A conquista do título completa hoje 42 anos.


O time santista vencedor do torneio era comandado por Antônio Fernandes e formado por Joel Mendes; Haroldo, Ramos Delgado, Joel Camargo e Rildo, Lima e Nenê, Manoel Maria, Coutinho (Marçal), Pelé e Abel (Djalma Dias).
O Rei Pelé ainda levou o título de artilheiro do campeonato, com 11 gols marcados


Durante o campeonato, o Alvinegro Praiano jogou oito vezes, tendo vencido cinco partidas, empatado duas e perdido apenas uma. Foram 25 tentos a favor e 11 contra, contabilizando um saldo de 14 gols.

O Santos FC também foi campeão do Torneio Hexagonal do Chile em 1965, 1968 (Torneio Octogonal do Chile), 1970 e 1977





Ex-jogador e treinador

Na mesma data, porém em 1927, nascia na cidade de Cascavel (CE) o ex-jogador e técnico santista Alfredo Sampaio (foto), conhecido como Alfredinho Lambreta.
Alfredinho foi centroavante e ponteiro direito do Santos na década de 50, sagrando-se bicampeão Paulista pelo Peixe em 1955/56.

Após encerrar a carreira como jogador, seguiu no futebol como técnico, fazendo muito sucesso no interior Paulista. Seu apelido "carinhoso" era "Bruxo", isto porque, segundo ele, conseguiu a proeza de salvar 18 times do rebaixamento. Entre eles, Comercial, Botafogo e Marília.
Atualmente vive com a esposa e rodeado de netos em Ribeirão Preto - SP

Humor... Futebol do Além


Horrivaldo e Ruinaldinho eram dois amigos inseparáveis,
fanáticos por futebol, que jogavam peladas juntos todo final de semana há um tempão. Um dia, um deles sofre um grave acidente de automóvel e o companheiro vai visitá-lo na UTI.

— Horrivaldo, estou morrendo! Sei que dessa eu não escapo!
E o amigo, para consolar:
— Não fica assim, não! Tenho certeza que a outra vida é bem melhor que essa!
— Não sei não! E se lá não tiver futebol?
— É... Aí nós tamo lascado!

Uma semana depois Ruinaldinho bate as chuteiras, digo, as botas.
Naquela mesma noite, depois do enterro, Horrivaldo é acordado no meio da noite.
— Quem é que tá aí?
— Sou eu, o Ruinaldinho! Eu só vim pra dar duas notícias... Uma é que existe futebol na vida depois da morte!
— Puxa, que legal! E a outra?
— É que você tá escalado pra partida do próximo domingo!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Em Presidente Prudente: Santos 1 x 2 Palmeiras


Caros amigos, o jogo de ontem entre Santos e Palmeiras chamou a atenção da torcida Santista e Palmeirense das cidades vizinhas de Presidente Prudente, bem como dos estados do Paraná e do Mato Grosso do Sul. 

Cascavel - Pr  fica situada a 480 km de Presidente Prudente e não poderia ficar sem alguns representantes da torcida Alvinegra. Reunimos um grupo de torcedores e nos deslocamos para o local da partida.  


A viagem:


Parada "estratégica" para esticar as pernas e bem, vocês sabem, o pessoal bebe muita cerveja...
Parte da nossa turma posando para a foto: Atrás em pé: Demétrios, Marcos, Max e Maycon; 
Agachados: Queiróz, Passarinho, Macanhão, Wilsinho, Maurão, Hélio e Marcelo.



Integração com outra caravana de Santistas:  Enquanto tirávamos fotos, outra caravana de Santistas estacionava para nos cumprimentar. Eram torcedores da cidade de Peabiru, também do Paraná, que pararam para interagirem conosco. Apesar de até então não nos conhecermos, a integração foi imediata. Parecia que já eramos velhos amigos. Nas duas fotos (acima e abaixo), a união das duas caravanas (Cascavel e Peabiru). Valeu gente boa de Peabiru, obrigado por pararem... jamais os esqueceremos!






No estádio:


Alguns da nossa turma: Marcelo, Luiz Fernando (Palmeirense), Mauro, Célio, Demétrios,
Queiróz e Wilsinho



O Jogo e o Santos:   Meus amigos, o jogo de ontem foi realizado com uma temperatura altíssima, prejudicando visivelmente o desempenho dos  atletas das duas equipes. Apesar de o Santos ser de uma cidade litorânea, mais acostumados com o calor, parece que foi quem mais sentiu os efeitos da temperatura. Ou será que ainda não estão no melhor de sua forma física? 

Quanto ao resultado da partida, apesar do adversário apresentar também uma equipe fraca, infelizmente  o Santos conseguiu ser ainda pior. Mesmo sendo início de temporada, estou muito temeroso com nosso time para este ano do Centenário. 

Nossos zagueiros estão muito vulnerável, nossos laterais são fraquíssimos, no meio de campo só o Arouca com alguns lampejos do que foi em outras temporadas. O Henrique assim como o Ibson, não jogam nada. Só estão no time porque foram contratados por indicação do Muricy e ele ficaria em má situação se deixasse tamanho investimento e altos salários no banco de reservas. 

O Elano e o Ganso estão uma nulidade total. O Borges está sumido e o Kardec só jogou bem no time dos reservas. Resumindo, só resta o Neymar. Este sim é craque e único que se salva no atual elenco do Peixe.
Então, tenho ou não razão em ficar preocupado?


O que me chamou a atenção positivamente, foi a torcida santista. Além de comparecer em excelente número (mais de 25.000 anunciados), havia muitas crianças e jovens de todas as idades. Isto só vem confirmar o quanto é importante manter os ídolos no time. Até pouco tempo atras, dizia-se que a torcida do Santos era só de velhos. Após Robinho, Diego e agora Neymar, a situação mudou e os jovens também estão torcendo pelo Santos. E parabéns ao Neymar pelo centésimo gol em sua ainda curta carreira e também pelo seus 20 anos.










Infelizmente após o final do jogo não teve festa da nossa torcida. Cada qual seguiu seu caminho de volta.
 Até outra vez, pois sempre estaremos com o Santos, independente de vitórias ou derrotas...