NOTICIAS ATUAIS E FATOS QUE FIZERAM A HISTÓRIA DO SANTOS FC

<><><><> BEM - VINDO A ESTE BLOG <><><><>


Atenção: Este Blog não tem fins lucrativos e é usado apenas como hobby


segunda-feira, 4 de junho de 2012

Neymar iniciou no Jabaquara e Portuguesa Santista

Neymar, com uma fita na cabeça, atuando pela Briosa
(Foto: Raimundo Rosa/Jornal A Tribuna)


Gol de bicicleta que Neymar persegue, já marcou pela Briosa, em Cascavel - PR


Neymar é o grande astro de um Santos cada vez mais campeão. Mas nem sempre ele foi astro do Peixe. Sua história começou em clubes bem mais humildes, vizinhos da Vila Belmiro: Jabaquara e Portuguesa Santista. As duas equipes já puderam contar com o futebol do atacante antes de ele ir para o Alvinegro Praiano, sempre sob a batuta de Roberto Antônio dos Santos, o Betinho, descobridor e primeiro treinador do craque.

O primeiro a ter a camisa vestida por Neymar foi o Jabaquara, em 1998. Na ocasião, o então garoto de seis anos treinava com Betinho no Tumiaru, tradicional clube de São Vicente, cidade vizinha a Santos, e participou de um torneio interno de futebol de salão no Jabuca, a convite do próprio técnico - que também possuía uma escolinha no clube da Caneleira.

- Era um torneio de fim de semana e, naquela época, onde eu ia, o Neymar ia comigo. Então, chamei ele e mais alguns meninos para disputar aquele campeonato. E não deu outra: o time do Neymar foi campeão, ele foi o melhor jogador e o artilheiro da equipe - recorda Betinho, que também foi responsável por revelar o atacante Robinho e hoje trabalha como um dos avaliadores das franquias de escolas de futebol do Santos.

Desde cedo, no Jabaquara, o futebol do então pequeno Neymar chamava atenção. Veloz e habilidoso, o hoje ídolo santista já se destacava pela agilidade de raciocínio e se sobressaía mesmo contra os garotos mais velhos.
- Neymar ainda não era forte fisicamente, mas era muito dinâmico, jogava com muita facilidade. Já era muito inteligente, isso a gente percebia rapidamente. Sempre chegava antes da marcação. E ele não ficava parado em quadra, buscava se movimentar constantemente. Já demonstrava uma coordenação motora muito grande - conta o antigo treinador do atacante.

Neymar, com o troféu que ganhou defendendo o Jabaquara 

Foto: Arquivo / Jabaquara AC)
No ano seguinte, Betinho passou a treinar o futsal da Portuguesa Santista - que havia firmado uma parceria para disputa da Série Ouro do campeonato regional da modalidade. Mais uma vez, levou Neymar para fazer parte da equipe. O título não veio (a Briosa ficou em terceiro lugar), mas o atacante mais uma vez brilhou, sendo o goleador do time rubro-verde.

Gol de bicileta

Em 2003, os caminhos de Neymar e Portuguesa Santista voltaram a se cruzar - e não só no futsal. Foi naquele ano que o jogador disputou pela primeira vez um torneio oficial no futebol de campo. Mais uma vez, comandado por Betinho.
- Na Portuguesa, o Neymar começou de meia-esquerda, e já fazia muito do que faz hoje, que é buscar a bola lá atrás e partir para cima com ela, sempre com muita habilidade - lembra Betinho, recordando ainda que foi com a camisa da Briosa que o craque marcou o gol que até hoje persegue como profissional. - Foi na final de um torneio em Cascavel, no Paraná. Ele virou uma bicicleta linda e marcou um golaço, em plena decisão. Impressionou todo mundo! - conta, empolgado.

No ano seguinte, Neymar se transferiu para o Santos. E se a carreira do craque tomou um rumo ascendente após a chegada à Vila Belmiro, o mesmo não pode ser dito de Jabuca e Portuguesa, que estão na última divisão do futebol paulista. Para Betinho, com a experiência de quem já trabalhou nos dois clubes, ver a dupla nesta situação é algo um tanto diferente.
- É esquisito, vamos dizer assim. Quem sabe, uma saída fosse esses garotos que não estão com espaço no Santos e acabam deixando o clube na base darem sequência nas demais equipes da região. Temos muitos talentos aqui na Baixada Santista - diz.


Por Lincoln Chaves Santos - SP

(Colaboração especial de José Roberto Nascimento - Santos / SP)

Um comentário:

anos neymar começou jogar santos disse...

Neymar começou sua carreira nas categorias de base do Santos, em 2003, aos 11 anos. Foi lá que Neymar conheceu PH Ganso, antes de Neymar fazer seu primeiro jogo pelo Santos.

Aos 14 anos, Neymar foi pra Espanha, fazer um estágio no Real Madrid.
Daí ele voltou pro Brasil e fez a nação santista feliz pra sempre.

fim